Felipe Oliveira Baptista assume a direção criativa da Kenzo

03/07/2019
  • Guardando mistério sobre seus próximos passos desde que deixou a Lacoste em maio de 2018, Felipe Oliveira Baptista finalmente revelou sua próxima empreitada: o português assume a partir de segunda-feira (01.07) a direção criativa da Kenzo, previamente sob o comando de Carol Lim e Humberto Leon, que se despediram com o desfile masculino no dia 23.06.


    "O que nos levou a escolher Felipe entre os candidators é o fato de que ele tem uma abordagem artística global", disse Sylvie Colin, CEO da Kenzo, ao WWD, "ele tem uma visão criativa em 360º e supervisionará a direção artística em todo o globo, lidando tanto com coleções quanto com comunicação." Ainda sobre a escolha, a executiva comentou: "O estilo de Felipe é muito compatível com nosso DNA. É sobre uma certa sofisticação do cotidiano, silhuetas que são ao mesmo tempo chiques e esportivas, o que é basicamente a essência da Kenzo. Seu talento criativo é inovador, mas ao mesmo tempo suas roupas são enraizadas na vida real."

    Com début marcado para a temporada masculina de inverno 2020/2021, que acontece em fevereiro, Felipe contará também com a já consolidada parceria de sua mulher, Séverine Oliveira Baptista, com quem fundou a marca que leva seu próprio nome em 2003 (a etiqueta está em hiato desde 2014). 

    Ao WWD, Baptista disse que planeja conversar com o fundador da marca, Kenzo Takada, para definir seus próximos passos e visão. "Tudo que o senhor Takada fazia era envolto em alegria, elegância e um jovem e marcante senso de humor. Sua constante celebração da natureza e da diversidade cultural sempre foram e ainda permanecem como o coração da marca. Esses dois tópicos nunca foram tão relevantes e instigantes e serão fundamentais no futuro da Kenzo."

























































































































    Fonte: https://vogue.globo.com/moda/moda-news/noticia/2019/06/felipe-oliveira-baptista-assume-direcao-criativa-da-kenzo.html

Compartilhe