Costume Institute revela o tema de sua exposição no Metropolitan Museum of Art em 2020

07/11/2019
  • 2020 será um ano histórico para o Costume Institute, que comemora seus 150 anos. Nada mais adequado, portanto, que a instituição tenha escolhido celebrar o tempo e a moda como tema para sua exposição anual no Metropolitan Museum of Art, que abrirá suas portas em 07.05.

    Em "About Time: Fashion and Duration", o Costume Institute vai traçar uma linha do tempo "disruptiva", explorando todo o acervo do instituto, oferecendo uma :"abordagem repleta de nuances e fins abertos": "É uma reimaginação da história da moda fragmentada, descontinuada e heterogênera", adianta Andrew Bolton, curador do Costume Institute, que se inspirou no filme Orlando.

    A linha do tempo traçada pelo Costume Institute será narrada Virginia Wolf, com frases de obras como "Sra. Dalloway" e "Orlando" pontuando a exposição. A versão cinematográfica do filme, aliás, foi a inspiração de Bolton para escolher o tema da exibição. "O que gosto da versão do tempo de Virginia Wolf é sua ideia de um continuum. Não há um começo, meio e fim. É como um grande e gordo meio. Sempre me senti desta forma sobre a moda. A moda é o presente", declarou Bolton.

    arte do trabalho do curador será dividir 160 looks que compõe a exposição em duas seções ou escalas de tempo. A primeira formará uma linha do tempo linear só com roupas pretas, partindo de 1870 e chegando até 2020. O segundo grupo de looks, em sua maioria brancos, serão as anti-cronologias, com pontos de cor cuidadosamente posicionados: "Você pode vê-los como dobras no tempo."

    "A exposição vai considerar a natureza efêmera da moda, lançando mão de flashbacks e saltos adiante para revelar como ela pode ser tanto linear quanto cíclica", explica Max Hollein, diretor do Metropolitan Museum of Art. Andrew Bolton vai ressaltar uma série de dobras no tempo como conexões quando, por exemplo, comparar o trabalho de estilistas de eras diferentes, como Alaa e Vionnet, Poiret ou Galliano. 

    "O que estas linhas do tempo vão tentar desdobrar é a tensão na moda entre mudança e resistência, transição e permanência. Acima de tudo, acho que elas vão advogar a favor de uma desacelerada na moda", continua Andrew Bolton.

    Os co-anfitriões do Met Gala de 2020 (em 04.05), que marca a pré-estreia da exposição, serão Nicolas Ghesquire, Lin-Manuel Miranda, Meryl Streep, Emma Stone e Anna Wintour.













































































































































































    Fonte: https://vogue.globo.com/moda/noticia/2019/11/costume-institute-revela-o-tema-de-sua-exposicao-no-metropolitan-museum-art-em-2020.html

Compartilhe